Notícias

AOJUSGO visita colegas de Niquelândia

1 Mins read

A AOJUSGO representada por seu Presidente e Vice Presidente estiveram na cidade de Niquelândia para atender chamado de seus associados.
O motivo da visita foi para conversar com o Diretor do Fórum daquela Comarca para dirimir duvidas quanto ao repasse dos valores das custas de locomoção dos mandados cíveis, que segundo os colegas estavam sendo repassada somente uma locomoção quando as diligencias eram negativas.
Em conversa com o Diretor do Fórum, o Juiz José de Bessa Carvalho Filho, os Diretores da AOJUSGO, Pedro Paulo e Feliciano, explicaram a necessidade da forma correta de repasse dos valores para que a prestação jurisdicional nao ficasse prejudicada e que é direito dos Oficiais de Justiça serem ressarcidos pelas diligencias realizadas, porque que negativa a diligencia fora realizada, houve o deslocamento e gasto por parte do Oficial que não deve arcar com este gasto porque é um dever do Estado.
Explicaram também que as custas de locomoção não podem ser confundidas com custas processuais, que são cobradas por atos processuais, e as de locomoção são por diligencia.
Após conversa foi protocolado pedido para que a situação fosse regularizada.

Matérias relacionadas
ASSEMBLEIAEventosGaleriaNotíciasPLEITOS

DE CASA NOVA: Oficialato Goiano é presenteado com uma grande conquista

Depois de cinco anos e um trabalho cuidadosamente realizado, economia e atitudes assertivas, o Oficialato Goiano agora conseguiu realizar a aquisição de…
Notícias

REGRA DE TRANSIÇÃO PARA FINS DE APOSENTADORIA

EMENDA CONSTITUCIONAL ESTADUAL 65/2019 – LEI COMPLEMENTAR 161/2020 Este informativo tratará de forma simplificada sobre a regra de transição para concessão de…
Notícias

Informativo O DILIGENTE - 1º semestre do ano

Caras amigas e amigos, Oficialas e Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado de Goiás, Federação das Entidades Sindicais dos Oficiais de Justiça…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal