Notícias

Respiração é tema no segundo dia da semana de cultura da paz

2 Mins read

O segundo dia da Semana da Cultura de Paz, que está sendo realizada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), foi aberto, nesta terça-feira (17), com a oficina “Respiração – A fórmula da Vida”, ministrada pela socióloga Manúcia Passos de Lima. Ela fez um relato detalhado de experiências científicas e de sua vivência oriental, através de viagens à Índia e de pesquisas sobre o tema, mostrando que respirar adequadamente pode ser um dos caminhos para se viver melhor e por mais tempo.

A Semana de Cultura da Paz está sendo realizada no auditório do TJGO e seguirá até a sexta-feira (20). Durante a semana serão realizadas várias oficinas e palestras, colocando a disposição dos participantes, informações que vão possibilitar a adoção de novas práticas voltadas para o alcance da paz interior e, de consequência, provocar reflexos na vida pessoal e profissional de cada um. A entrada para as palestras é franca e os interessados em participar da programação podem fazer suas inscrições antes das palestras, na entrada do auditório.

De acordo com Manúcia, um dos processos mais naturais da fisiologia humana – a respiração – é talvez o mais esquecido pelo ser humano. O primeiro passo para trabalhar a respiração, garante ela, é prestar atenção nela. Para isso, a socióloga sugeriu diferentes práticas que devem ser feitas diariamente, frisando que a respiração ideal é aquela desenvolvida tranqüilamente, pelo nariz (tanto puxar quanto soltar o ar) e de forma consciente. “Massagens uma vez por semana, meditação e momentos tranqüilos devem ser conquistados dia a dia. Situações tensas como as que vivemos no trânsito, em reuniões, em apresentações e nos momentos em que se é testado, levam o corpo a se tensionar e a respiração a ficar contida”, acrescenta.

A socióloga ainda explicou que ao respirar, os pulmões se abrem e o cérebro encolhe enquanto que, ao expirar, ocorre o inverso, ou seja, os pulmões murcham e o cérebro expande. Manúcia Lima defende o que ela chama de respiração ampla: “Geralmente, as pessoas com respiração restrita são mais ansiosas”, afirmou. (Texto: Gizely Cândida/Fotos: Hernany César – Centro de Comunicação Social do TJGO).

Confira algumas imagens: https://www.flickr.com/photos/ccstjgo/sets/72157635563890295/

Matérias relacionadas
FESOJUSNotíciasVacinação

Vacinação prioritária: tudo o que você precisa saber!

Reprodução: FESOJUS-BR Veja aqui o vídeo da reunião citada no e-mail entre o interlocutor do Ministério da Saúde, Dr. Laurício Monteiro e os representantes da FESOJUS-BR, João Batista (presidente) e Luiz…
CNJNotíciasSISBAJUD

PERFIL DO OFICIAL DE JUSTIÇA NO SISBAJUD “Adequação do fato à norma”

O Ilustre Min. Luiz Fux, em sua posse como presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ressaltou que o Poder Judiciário tem…
CNJNotícias

Presidente do CNJ destaca a importância da tecnologia para a celeridade jurisdicional

O Conselho Nacional de Justiça realizou o lançamento do Programa Justiça 4.0, com evento transmitido pelo Youtube entre os dias 24 e…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal