Notícias

Porte de arma

1 Mins read

Juiz cita norma da PF sobre atividades de risco. Segundo decisão, meirinho se enquadra pela “execução de ordens judiciais”

O Tribunal Regional Federal da 1a Região (TRF1), na jurisdição do Distrito Federal (DF), confirmou sentença, em acórdão disponibilizado no dia 29 de agosto, que garante autorização de porte de arma de fogo a oficial de Justiça da comarca de Ceilândia (DF).

Autor da ação, Adalmi Fernandes Carneiro é servidor do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Ele atua também em Águas Lindas de Goiás (GO), por meio de convênio com o Tribunal de Justiça goiano.

O ato do TRF1 foi motivado por mandado de segurança impetrado por Adalmi para reforma de decisão da Polícia Federal (PF). Acionada pelo oficial de Justiça, a corporação negou o porte de arma alegando que o meirinho deveria comprovar ameaça concreta.

Matérias relacionadas
CoronavírusNotíciasSTJ

STJ autoriza citação por WhatsApp desde que comprovada identidade

Há mais de um ano convivendo com a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) a rotina dos Oficiais e Oficialas de Justiça tem…
EventosNotíciasTJGO

Oficiais de Justiça são ouvidos pelo SINDOJUS-GO sobre projeto de reestruturação das comarcas

Você precisa iniciar uma sessão de usuário para visualizar esta página. Por favor, Faça login. Você ainda não possui uma conta de…
FESOJUSNotíciasVacinação

Vacinação prioritária: tudo o que você precisa saber!

Reprodução: FESOJUS-BR Veja aqui o vídeo da reunião citada no e-mail entre o interlocutor do Ministério da Saúde, Dr. Laurício Monteiro e os representantes da FESOJUS-BR, João Batista (presidente) e Luiz…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal