Notícias

SINDOJUS-GO cobra agilidade no reajuste das locomoções

1 Mins read

Na última semana o presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça (Sindojusgo), Moizés Bento acompanhado de diretores da instituição estiveram na Corregedoria, com o juiz Cláudio Castro cobrando urgência no reajuste das locomoções dos Oficiais de Justiça de Goiás. Em fevereiro, a diretoria do Sindojusgo entrou com o pedido do reajuste no PROAD. “Com a mudança de diretoria o processo ficou parado. Retomamos as negociações e acreditamos que a resposta virá ainda essa semana”, explica Moizés. O cálculo do reajuste é baseado no Indíce Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em 2016, o reajuste foi de 7,15%, o mesmo valor pedido pelo sindicato. Esses valores são para cobrir despesas dos Oficiais Justica no desempenho de sua função, como por exemplo, despesa com combustível. “O oficial precisa ressarcir as suas despesas. Recentemente houve um aumento absurdo no valor dos combustíveis. O reajuste é justo e necessário”, conclui o presidente.

Matérias relacionadas
CoronavírusNotíciasSTJ

STJ autoriza citação por WhatsApp desde que comprovada identidade

Há mais de um ano convivendo com a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) a rotina dos Oficiais e Oficialas de Justiça tem…
EventosNotíciasTJGO

Oficiais de Justiça são ouvidos pelo SINDOJUS-GO sobre projeto de reestruturação das comarcas

Você precisa iniciar uma sessão de usuário para visualizar esta página. Por favor, Faça login. Você ainda não possui uma conta de…
FESOJUSNotíciasVacinação

Vacinação prioritária: tudo o que você precisa saber!

Reprodução: FESOJUS-BR Veja aqui o vídeo da reunião citada no e-mail entre o interlocutor do Ministério da Saúde, Dr. Laurício Monteiro e os representantes da FESOJUS-BR, João Batista (presidente) e Luiz…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal