Central Eletrônica de MandadosEJUGEventosTJGO

Central Eletrônica de Mandados – #TamoJuntoNaCEM

2 Mins read

O curso de capacitação para utilização da Central Eletrônica de Mandados – CEM é o resultado de uma parceria entre o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás – TJGO , o Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado de Goiás – SINDOJUS-GO e a Escola Judicial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás – EJUG. Os encontros aconteceram entre os dias 26 e 30 de setembro, presencial/virtualmente, e foram bastante proveitosos.

O SINDOJUS-GO, em nome de toda a diretoria, agradece a participação e dedicação dos(as) Oficiais(las) de Justiça do 2º grau do TJGO e das comarcas da 12ª e 13ª região. Parabéns ao Oficialato de Justiça das comarcas que se empenharam no início desta nova etapa. 12ª região: Estrela do Norte, Formoso, Minaçu, Porangatu e São Miguel do Araguaia. 13ª região: Campinorte, Mara Rosa, Niquelândia e Uruaçu.ejug

Suzane Cunha, Oficiala de Justiça do 2º Grau da Comarca de Goiânia

Suzane Cunha, Oficiala de Justiça do 2º Grau da Comarca de Goiânia acredita que que o curso é muito bom, atendendo as expectativas principalmente aos que já estão acostumados ao PJD. Segundo ela, que já trabalha com um tipo de central online, já se sente familiarizada com o virtual. Seu sentimento é de independência para controlar os seus mandados e de se organizar, trabalhando em qualquer lugar.  “É um avanço inquestionável”, contempla. Outra observação, de acordo com seu ponto de vista, é sobre a atualização relacionada à realidade do país no que tange à padronização e acesso mais rápido às informações. Contudo, Suzane destaca uma importante questão: “existem determinados grupos, que talvez por não terem o histórico do trabalho adaptado a uma central um pouco mais virtual, necessitaram de um curso mais direcionado ao manuseio de ferramentas digitais”.

Mariana Castelo Branco, Oficiala de Justiça do 2º Grau da Comarca

Mariana Castelo Branco, Oficiala de Justiça do 2º Grau da Comarca de Goiânia, considera que este projeto da Central Online seja algo inevitável, positivo e necessário. Ela afirma que a central está alinhada a outras medidas de acordo com a visão judiciária. Assim, entende que o Oficialato de Justiça contribuirá na integração dessa nova etapa. Também defensora das adaptações tecnológicas, sua percepção é de haver necessidade de uma abordagem específica ao uso de ferramentas digitais em geral. “Alguns colegas podem ter alguma dificuldade que precisa ser amparada. Temos que ressaltar a pluralidade do Oficialato como região da comarca, grau, grupos de pessoas com histórias, experiências e formações diferentes. É importante que se tenha uma continuidade de cursos para atender a estas diferenças” reitera.

Tibério Lúcio Batista da C. Moura da Comarca de Goiânia

Tibério Lúcio Batista da C. Moura da Comarca de Goiânia gostou muito do Curso. Para ele, é uma excelente oportunidade formação e inclusão para todos os Oficiais de Justiça. “Não podemos ter restrição ao que é novo. Todos iremos nos adequar. Será muito bom para todo mundo.”, conlui.

Matérias relacionadas
CONOJUSEventosOABPalavra da FESOJUS

IV CONOJUS: OAB Nacional confirma participação nos debates do Congresso de Oficiais de Justiça em Teresina/PI

A FESOJUS-BR, representada pelo seu presidente em exercício, Eleandro Alves Almeida e pelo diretor, Luiz Arthur, formalizou um convite especial à OAB…
de outros sitesEventosInfojus

Oficiais de Justiça: desafios e práticas na contemporaneidade

Live de lançamento do e-book será transmitido no canal “Escola de Oficiais” no Youtube no dia 08/12/2022 às 19 horas #repost infojusbrasil…
Central Eletrônica de MandadosCursosEJUGEventosTJGO

6ª ETAPA: Curso Central Eletrônica segue cronograma conforme idealizado (6ª região)

O curso de aperfeiçoamento profissional para utilização da Central Eletrônica de Mandados – CEM segue sua realização conforme idealizado. O próximo encontro…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal