Nota de RepúdioPalavra da FESOJUS

NOTA DE REPÚDIO e indignação contra condômino que agrediu porteira por não tê-lo comunicado ou impedido a entrada de Oficial de Justiça para o cumprimento de ordem judicial

2 Mins read

A FESOJUS – Federação das Entidades Sindicais de Oficiais de Justiça do Brasil vem a público emitir Nota de Repúdio e indignação contra ato de condômino que agrediu porteira que não o comunicou sobre a entrada de Oficial de Justiça que estava com o mandado para o cumprimento de ordem judicial.

1 – De acordo com a matéria veiculada no site UOL Notícias  “Porteira negra é agredida por morador no RS; polícia apura injúria racial” o fato aconteceu em Santa Maria/RS no dia 17/02/2022, o condômino ameaçou e agrediu a porteira, além de praticar crime de injúria racial em decorrência do uso de palavras de cunhos e tons racistas, ainda em investigação, tendo como motivação a não comunicação ou impedimento de entrada de Oficial de Justiça que objetivava notificar o morador sobre ordem de despejo.

2- Apresentamos nossa solidariedade à porteira agredida e desejamos que esta situação seja um fato isolado no trabalho de inúmeros porteiros de condomínios.

3 – A FESOJUS-BR repudia a prática de ato criminoso e violento contra qualquer pessoa que vise obstacularizar o cumprimento de ordem judicial. Todas as partes processuais e pessoas tem o dever de cooperarem para o regular e efetivo andamento processual a fim de assegurar a dignidade da justiça, bem como obediência às leis brasileiras.

4 – É inquestionável o livre trânsito e acesso dos Oficiais de Justiça aos locais necessários para o desempenho de seu mister funcional e de atribuições previstas em lei, sendo que eventual recusa ou obstáculo quanto ao cumprimento destes deveres funcionais poderá configurar os crimes previstos nos artigos 330 e 331 do Código Penal.

5 – A FESOJUS-BR se manterá firme na defesa das prerrogativas dos Oficiais e Oficialas de Justiça do Brasil quando no exercício de seus múnus públicos, na defesa incansável da lei e da Constituição Federal e no respeito à pessoa humana.

6- Esta Entidade Sindical juntamente com os Sindicatos dos Oficiais de Justiça abaixo nominados repudiam os atos de agressão ocorridos em Santa Maria/RS no dia 17/02/2022 e outros similares e permanecerão se posicionando contra qualquer tipo de agressão contra terceiros ou contra Oficiais de Justiça que visem obstacularizar ou impedir o cumprimento de ordens judiciais.

Brasil, 24 de fevereiro de 2022
Entidades da FESOJUS – Federação das Entidades Sindicais de Oficiais de Justiça do Brasil

Matérias relacionadas
Palavra da FESOJUS

FESOJUS-BR conclama a todos para luta por melhores condições de trabalho: CHEGA DE ESPERAR!

Palavra da FESOJUS-BR Sobrecarga de trabalho, pressão por parte de magistrados, ameaça de processos administrativo, entre outras situações limites. O cotidiano de…
Palavra da FESOJUSPorte de arma

Na luta pelo Porte de Arma, FESOJUS-BR se reúne com o ministro da Justiça

Palavra da FESOJUS-BR Em Brasília, seguindo na luta pelo Porte de Arma, a FESOJUS-BR, representada por seu diretor Luiz Arthur de Souza,…
de outros sitesPalavra da FESOJUS

FESOJUS-BR atua pela manutenção da Execução Civil no Poder Judiciário

O SINDOJUS-GO, representado pelo seu Vice-presidente e Diretor Jurídico Eleandro Alves Almeida, que na ocasião, participou como Vice-presidente da FESOJUS-BR, acompanhou de…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal