FériasTJGO

SINDOJUS-GO REQUER AO TJGO MAJORAÇÃO DA FRAÇÃO CONVERSÍVEL DAS FÉRIAS EM PECÚNIA E A POSSIBILIDADE DE CONVERSÃO TOTAL EM PECÚNIA DAS FÉRIAS NÃO GOZADAS APÓS DOIS (02) ANOS DO PERÍODO AQUISITIVO

1 Mins read

No PROAD 285566, foi pleiteado pelo SINDOJUS-GO a alteração legislativa referente ao art. 5º da Lei 20.033/2018, no sentido de aumentar de 1/3 (um terço) para até 2/3 (dois terços) a fração conversível em pecúnia das férias pelo servidor do TJ-GO, revogando ainda a necessidade desse benefício somente ser deferido após o prazo mínimo de três anos do período aquisitivo.

A segunda alteração solicitada foi no sentido da possibilidade de conversação total em pecúnia das férias não usufruídas após o biênio do período aquisitivo.  

Art. 5º da Lei 20.033/2018  (redação atual)Art. 5º da Lei 20.033/2018 (redação proposta pelo SINDOJUS-GO)
 Art. 5° Fica assegurado ao servidor que vier a completar mais de 2 (dois) períodos de férias não usufruídas após a publicação desta Lei, a possibilidade de, por ocasião do agendamento do terceiro período de férias, requerer a conversão em pecúnia de 1/3 (um terço) das férias relativas ao período aquisitivo mais antigo, correspondente à remuneração percebida na data da formalização do pedido de pagamento. Art. 5° Fica assegurado ao servidor que vier a completar o período aquisitivo de suas férias, a possibilidade de requerer sua conversão de até 2/3 (um terço) em pecúnia, correspondente à remuneração percebida na data da formalização do pedido de pagamento.

Parágrafo único. As férias vencidas há mais de 2 (dois) anos, mediante requerimento do  servidor e observado a existência de disponibilidade orçamentária e financeira, 
poderão ser convertidas em pecúnia à razão de até 30 (trinta) dias por exercício financeiro
.  

O requerimento apresentado pelo SINDOJUS-GO vai ao encontro dos anseios de todos os Servidores e Servidoras do Poder Judiciário que almejam um melhor aproveitamento de suas férias.

O SINDOJUS-GO trabalha incansavelmente para que os Oficiais e Oficialas de Justiça do Judiciário Goiano exerçam seus direitos e alcancem o bem estar e a felicidade na relação profissional, sentindo-se motivados para retribuírem com uma prestação jurisdicional mais eficiente e efetiva.

Aguardamos ansiosos o deferimento de mais um pleito do nosso Sindicato!

Matérias relacionadas
Central Eletrônica de MandadosCursosEJUGEventosTJGO

6ª ETAPA: Curso Central Eletrônica segue cronograma conforme idealizado (6ª região)

O curso de aperfeiçoamento profissional para utilização da Central Eletrônica de Mandados – CEM segue sua realização conforme idealizado. O próximo encontro…
CursosEJUGEventosProjetos e campanhasTecnologiaTJGO

Primeiro dia do curso sobre Noções Básicas de Informática é aprovado pelos colegas da Central de Mandados

O Curso sobre Noções Básicas de informática e Manejo de Ferramentas Digitais teve seu primeiro dia de atividade, sendo bem aceito pelos…
de outros sitesTJGO

Em vigor decreto sobre o funcionamento do Poder Judiciário durante o recesso forense de Natal e fim de ano

Entrou em vigor na quinta-feira (27), o Decreto Judiciário nº 2.666/2022, que dispõe sobre o funcionamento do Poder Judiciário durante o recesso forense…
Inscreva-se no nosso informativo virtual

fique por dentro das novidades e receba nossa revista eletrônica mensal